Federação dos Trabalhadores em Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo – FEQUIMFAR

Em meados dos anos 50, após o suicídio do presidente Getúlio Vargas, num momento histórico, que trouxe uma grande comoção à sociedade brasileira, os trabalhadores paulistas das indústrias químicas, farmacêuticas e afins, sentiram a necessidade de se apoiar uns aos outros, nas suas lutas e manifestações, com o fim de expandir as mesmas para todo o Estado de São Paulo. Surge nesse momento, a idéia de se fundar uma federação de sindicatos do setor químico.

No início de 1957, os trabalhadores dão início a uma série de reuniões, com a participação de lideranças sindicais químicas, com o objetivo de fundar uma federação. Nessas primeiras reuniões, sempre estavam presentes, dirigentes dos Sindicatos de São Paulo, Santo André, Itatiba e Campinas. Por serem apenas quatro representações, sendo a Lei clara a respeito de fundações de Federações e Confederações, os químicos de São Paulo resolveram desmembrar o Sindicato em Químicos e Plásticos, daí em diante estava resolvido o problema que impedia a fundação da Federação: os cinco Sindicatos estavam reunidos. Posteriormente, em março de 1958, em assembléia fundacional, os trabalhadores resolveram fundar a Federação.

No dia 23 de abril de 1958, é publicado no Diário Oficial da União a Carta de Reconhecimento do Ministério do Trabalho, dando início legal às atividades da entidade. Sua primeira sede estava localizada na Rua 25 de março em cima da sede do STI Químicos de São Paulo.

50 anos de muita luta, trabalho, força e conquistas:

A Federação dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado de São Paulo (Fequimfar) completa 50 anos de existência, que estão representados por um trabalho sério e compromissado com os seus 33 Sindicatos filiados e trabalhadores do setor químico. Ao longo destes anos, a Fequimfar é reconhecida e referendada como modelo pela luta por novas conquistas e pela garantia da manutenção de direitos da classe trabalhadora. Nossa história está marcada por uma série de conquistas onde nossa federação, junto com os seus sindicatos filiados, sempre esteve à frente de iniciativas pioneiras, que servem de referencia para outras categorias, como as lutas pela implantação da participação dos trabalhadores nos lucros e resultados (PLR) nas Convenções Coletivas e  pela redução da jornada de trabalho. O apoio dos sindicatos filiados sempre foi fundamental para que a Fequimfar conquistasse uma série de direitos, junto a benefícios sociais e trabalhistas, para todos os trabalhadores do setor.

Nas Convenções Coletivas, foram conquistadas cláusulas como, a estabilidade da trabalhadora gestante e o auxílio-creche, que vão sendo melhoradas a cada ano, e também da criação de um programa de emprego e inclusão de pessoas portadoras de deficiência e acesso gratuito a medicamentos, ambas no setor farmacêutico. Ressalta-se também a elaboração e aplicação de Convenções Coletivas para Máquinas Injetoras e Sopradoras, responsáveis pela redução do número de acidentes de trabalho.

Outra grande vitória conquistada foi o banimento do benzeno, um produto químico altamente cancerígeno que era utilizado na indústria de fabricação do álcool. Além dos cursos de qualificação e requalificação profissional para trabalhadores, desempregados e jovens. Ressaltando sempre, o compromisso de nossa entidade como os seus sindicatos filiados, com os trabalhadores do setor, suas famílias, comunidades e, consequentemente, toda a sociedade.

Homenagem aos 100 anos da Greve Geral de 1917