Sindicato dos Comerciários de São Paulo

por jawsdigital. 18 mar 2019 . 12:42

Até 16 de junho de 1940 existiam duas entidades representantes dos comerciários de São Paulo: Sindicato dos Comerciários de São Paulo e Sindicato União dos Comerciários. Naquele ano foi feita a fusão e a entidade passou a se chamar Sindicato dos Empregados no Comércio de São Paulo, tendo como presidente Miguel de Souza Santos.

Em São Paulo, Sindicato dos Comerciários fecham lojas da 25 de Março, 11/07/2013 . Foto: Sindicato dos Comerciários de São Paulo

O  reconhecimento como entidade sindical chegou poucos meses depois, dia 15 de maio de 1941, data que o Sindicato comemora seu aniversário. A partir daí foi eleita a primeira diretoria, cuja posse da chapa, encabeçada pelo presidente Sylvio de Oliveira Dorta, ocorreu em 26 de junho de 1942. Somente a partir da presidência de Ricardo Patah, que assumiu em 2003, a entidade passou a se chamar Sindicato dos Comerciários de São Paulo.

O Sindicato se empenha a cada dia para oferecer o melhor à categoria, com um sindicalismo moderno e democrático. Acompanha as mudanças socioeconômicas e políticas do País, sempre na defesa dos comerciários paulistanos, o que prova sua credibilidade perante a categoria. Por ter na base mais de 450 mil trabalhadores, tornou-se o maior Sindicato da América Latina. No mundo globalizado, o Sindicato luta com afinco para que os direitos trabalhistas sejam cumpridos, além de investir em benefícios, saúde, educação, moradia e lazer. Sempre atuante, tem como lema o “Trabalho Decente e a Justiça Social”.

Presidentes

2003 / no mandato – Ricardo Patah
1989 / 2003 – Rubens Romano
1970 / 1989 – Sylvio de Vasconcellos
1962 / 1969 – Mario Gessullo
1958 / 1962 – Sylvio de Vasconcellos
1956 / 1958 – Valentim Bonomo
1954 / 1956 – Rui Barbosa
1952 / 1954 – Paulo T. da Silva Braga
1950 / 1952 – Amedeu Danilo Munhoz
1948 / 1950 – Amedeu Danilo Munhoz
1946 / 1948 – Alcides Dias Tavares
1944 / 1946 – Alcides Dias Tavares
1942 / 1944 – Sylvio de Oliveira Dorta

Missão

A missão do Sindicato dos Comerciários de São Paulo é garantir os direitos trabalhistas e a melhoria das condições de vida do trabalhador comerciário, tanto na área sindical/trabalhista (política/legal), quanto na área social (saúde, lazer, cultura e habitação).

Visão

O Sindicato dos Comerciários de São Paulo é uma entidade destinada a defender/proteger o direito dos trabalhadores, sendo reconhecida como representante, de fato e de direito, da categoria comerciária da base territorial, atuando fortemente na política sindical para o fortalecimento da categoria, para garantia de sucesso nas suas reivindicações e com reconhecimento nacional de sua força e compromisso social.

Valores

· Transparência e ética nas suas ações político-administrativas.
· Qualidade na prestação de serviços para os comerciários sindicalizados ou não.
· Capacitação do quadro de dirigentes e funcionários para consecução dos objetivos da entidade.
· Respeito ao ser humano e ao meio ambiente.

Comentários