Nair Goulart ganha Comenda Maria Quitéria

por Memória Sindical. 02 abr 2014 . 11:54


A trajetória de vida de Nair Goulart é exemplo para as mulheres brasileiras

A luta de Nair Goulart nas trincheiras do sindicalismo brasileiro é marca indissociável de sua trajetória de vida. Essa longa jornada de superação e de conquista ganhou um capítulo especial com a outorga da Comenda Maria Quitéria, na Câmara Municipal de Salvador, na noite desta sexta-feira (28), por iniciativa da vereadora Fabíola Mansur (PSB). A homenageada está à frente da Força Sindical Bahia e é presidente adjunta da Confederação Sindical Internacional.

A solenidade no Plenário Cosme de Farias foi aberta pelo presidente da Casa, vereador Paulo Câmara (PSDB), que formou a mesa de trabalho com a homenageada Nair Goulart; a vereadora Fabíola Mansur; a senadora Lídice da Mata (PSB); o ex-secretário estadual de Turismo Domingos Leonelli; o presidente do Sindicato da Construção Pesada e Montagem Industrial do Estado da Bahia (Sintepav), Bebeto Galvão; e Alice Bittencourt, representando a Secretaria de Política para as Mulheres do Estado da Bahia.
 Ao assumir a presidência dos trabalhos, em discurso no púlpito, a vereadora Fabíola Mansur sintetizou a homenageada como “defensora do mundo”. Lembrou dos seus momentos difíceis, quando foi empregada doméstica e trabalhou em fábricas em São Paulo. Ressaltou a sua ascensão no campo político-sindical ao atuar na linha de frente dos que lutavam por uma sociedade mais justa e igualitária.

Guerreira

Para Fabíola, “Nair Goulart é uma mulher guerreira que inspira outras mulheres”. Após reforçar a importância histórica da Comenda Maria Quitéria, a primeira honraria outorgada no seu mandato, a vereadora apresentou um vídeo contando a história de superação e de luta da homenageada.

Após receber da senadora Lídice da Mata a Comenda Maria Quitéria, Nair fez os seus agradecimentos e frisou que “é uma honra e um estímulo para continuar lutando”. Ao falar de si, pontuou três referências que alicerçaram a sua vida: os pais José (pedreiro) e Luzia (lavadeira de roupa); o ingresso na militância de esquerda, no Polop (Organização Revolucionária Marxista Política Operária); e a tomada de consciência por ser mulher.

Sobre a vinda à Bahia, em 2000, para organizar a sua corrente sindical, lembrou que “não foi fácil construir a Força Sindical Bahia”. Hoje são 168 sindicatos filiados.

A homenageada nasceu em 1951, em Dores do Indaiá, em Minas Gerais. Iniciou a vida política na década de 1970, em Divinópolis, também em terras mineiras. Mudou-se para São Paulo, em 1977, fugindo de perseguição da Polícia Federal.

Reconhecimento

Quebrando o protocolo da solenidade, os integrantes da mesa falaram por dois minutos. Nos pronunciamentos, a certeza de ser uma justa homenagem que a Câmara prestava ao reconhecer publicamente a atuação de Nair Goulart na militância sindical.

Os vereadores Geraldo Junior (SDD), Arnando Lessa (PT), Marcell Moraes (PV) e Gilmar Santiago (PT) conduziram a homenageada pelo plenário à mesa de trabalho, tendo à frente a autora da proposição, vereadora Fabíola Mansur.

O Hino Nacional foi executado pela violonista Marília Sodré e pela cantora Aila Meneses, que fizeram mais duas intervenções musicais no transcorrer da solenidade. Também participou com o toque musical baiano a banda percussionista Tambores e Cores.

Dezenas de lideranças sindicais conferiam a solenidade. A justa homenagem, conforme Fabíola Mansur, abrilhantou ainda mais o mês dedicado às mulheres.

Fonte: Câmara Municipal de Salvador e Força Sindical Bahia

Comentários



ÚLTIMAS DE

Galeria de Videos

Depoimento de Newton Candido

Histórias de Vida

Newton Candido foi diretor do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de São Caetano e assessor do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo. Realizado em 15/04/1989 por...

VER MATÉRIA

Transcrição da entrevista com Joaquim dos Santos Andrade no Roda Viva

Histórias de Vida

VER MATÉRIA

Sindicato dos Professores de São Paulo promove debate e exposição sobre a Revolução Russa

Cultura

Acontecimento de importância decisiva no mundo contemporâneo, a Revolução Russa construiu e destruiu utopias e mudou as referências políticas e ideológicas da nossa era. Sua...

VER MATÉRIA

Vote pra valer! Não desperdice o seu direito conquistado

Apostilas de Formação

A descrença com a política é compreensível frente à flagrantes de corrupção, de mau uso do patrimônio público e da precária oferta de serviços e...

VER MATÉRIA

Visão geral do acervo

Arquivo

Centro de Memória Sindical – Arranjo do Acervo

VER MATÉRIA

Música e Trabalho

PLAYLIST SPOTIFY MEMÓRIA SINDICAL