Música e Trabalho

Arnaldo Antunes canta: Dinheiro

O que é o dinheiro? O dinheiro é só pedaço de papel ou dígitos na conta bancária. Não tem valor em si. É apenas um meio para conquistar coisas materiais....

Titãs canta: Comida

Não é só de ração para o corpo que se faz um ser-humano, é preciso diversão e arte para a alma. A fome e a sede, desta maneira, são metáforas...

Beto Guedes canta: O Sal da Terra

Nos anos 1980, após décadas de desenvolvimento industrial e urbano, a questão ambiental ganhou força. Paisagens naturais degradadas, usinas soltando fumaça, poluição, a disseminação de moradias precárias nas grandes cidades,...

Cássia Eller canta: Partido Alto

Homenagem ao samba de raiz do Rio de Janeiro, Partido Alto foi composta por Chico Buarque em 1972, em plena ditadura. Cheia de ironias e indiretas a música sofreu censura...

Caetano Veloso e Gilberto Gil cantam: Haiti

Secos e Molhados canta: A Rosa de Hiroshima

O poema desconstrói a beleza da rosa identificando-a com a imagem emblemática da explosão atômica, daí a antirrosa atômica. Ele prefere não usar a palavra bomba, criando referências que remetem...

Erasmo Carlos canta: Panorama Ecológico

Sergio Ricardo canta: Zelão

Zelão, de 1960, marcou a dissidência de Sérgio Ricardo com a Bossa Nova. Foi o que disse ele próprio em uma entrevista para a Folha de SP, em 8/09/2002.

Gilberto Gil canta: O Bonde de São Januário

Gravada em 1940, por Cyro Monteiro, em plena ditadura do Estado Novo, a letra original de O Bonde de São Januário exaltava a figura do “malandro” como uma figura esperta,...

Chico Buarque canta: Pedro Pedreiro

Pedro, pedreiro, penseiro, são metáforas da rusticidade, da monotonia, do tédio, da incapacidade de intervir e da dureza do trabalho do operário. Na música a situação um operário da construção...

Chico Cesar canta Inumeráveis

A letra de ‘Inumeráveis’ de Chico Cesar mostra que os mortos da pandemia não são números. São vidas, com sonhos, projetos e história. Se números não tocam a gente, espero...

Roger Waters canta: We Shall Overcome! We Shall Overcome!

Esta canção foi interpretada por Roger Waters, ex-Pink Foyd, especialmente para o 1° de Maio Live, comemoração do dia dos trabalhadores, organizado pelas centrais sindicais do Brasil.

Daniela Mercury, Emicida e outros cantam: O Sal da Terra

O Sal da Terra (Composição: Beto Guedes e Ronaldo Bastos/1981) Interpretes: Aline Calixto, Daniela Mercury, GOG, Sergio Lorozza, Amanda NegraSim, Grazzi Brasil, Cantadeiras do MST, Emicida, Thiago El Niño, Mayara...

Lenine canta: Paciência

Uma pandemia, inesperada e inusitada, resignificou a dinâmica urbana mundial e nos obrigou a parar. Neste ano de 2020, com a expansão do coronavírus pelo mundo, fomos obrigados a rever...

Monica Salmaso canta: Canário do Reino

Canário do Reino Compositor: Carvalho Zapata Intérprete: Monica Salmaso Não precisa de dinheiro Pra se ouvir meu canto Eu sou canário do reino E canto em qualquer lugar Em qualquer...

Blecaute canta: Pedreiro Waldemar

Esta marchinha, que fez grande sucesso em 1949, tornou-se um clássico do carnaval carioca. O recado da crítica social é claro: o pedreiro Waldemar e os trabalhadores de um modo...

Miucha canta: Milagre Brasileiro

Milagre Brasileiro (Composição: Julinho de Adelaide, pseudônimo de Chico Buarque/1975) Intérprete: Miucha Cadê o meu? Cadê o meu, ó meu? Dizem que você se defendeu É o milagre brasileiro Quanto...

Pena Branca e Xavantinho cantam: Quebra de Milho

Quebra de Milho (Composição: Grupo Agreste/1982) Intérprete: Pena Branca e Xavantinho Mês de agosto é tempo de queimada Vou lá prá roça preparar o aceiro Faísca pula que nem burro...

Roberto Carlos canta: Todo mundo é alguém

Todo mundo é alguém (Composição: Roberto e Erasmo Carlos/1988) Intérprete: Roberto Carlos Somos uma multidão de iguais Semelhantes sonhos, ilusões Direções diversas na conquista Dos ideais, universais Não se escreve...

Marlene canta: Zé Marmita

O samba, lançado em janeiro de 1953 e sucesso do carnaval daquele ano, gravado pela Continental, com acompanhamento de Zimbres e Sua Orquestra.

Chico Buarque canta: Logo eu?

Logo eu? (Composição Chico Buarque de Hollanda/1967) Intérprete: Chico Buarque Essa morena quer me transtornar Chego em casa, me condena Me faz fita, me faz cena Até cansar Logo eu,...

Show Buttons
Hide Buttons