Alceu Valença canta: Canção do espantalho

por Memória Sindical. 13 dez 2014 . 14:39

Canção do Espantalho

(Composição: Sérgio Ricardo/1974)

Intérprete: Alceu Valença
 

Quando o corpo vai prum lado
e vai pro outro o coração
cante que só passarinho
jogue o corpo na canção
que o coração vê caminho
e os pés se movem no chão

Sou cantador de Cajazeira
E vim cantar a minha gente
Gente que não foge do aço
Gente que não corre de macho
Nem de onça ou de mulher

Venho cantar a minha gente
Lá das bandas de Cajazeira
Onde um coronel diz que é dono de tudo
Coronel Fragoso
Horroroso, viúvo, velho, e “varrigudo”
Como dizia o bom Joaquim pelas ruas de Piancó
Fazendo chacota dele
Quando alguém dizia que em compensação
Ele tinha a casa mais bonita da cidade

Quero um cantinho nessa feira
Prá eu cantar a minha gente
Gente que não foge de fera
Gente que não corre de guerra
De arruaça e o que vier

E não foge tampouco do coronel Fragoso
De quem todo mundo corre
E quase se borra de medo
Quando ele vem subindo a jaqueira
Enfezado com a debandada de sua gente
Ou com a seca do sertão
Quem quiser que venha ver meus causo
Que eu conto com satisfação pra clarear as cabeças
De bom pensar
Sobre o acontecido em Cajazeira
Lá onde um coronel diz que é bom que só Deus
Porque dá metade pra quem planta
e cuida do seu gado
Quem quiser que venha ver
se está tudo certo ou errado
No meu causo acontecido
Se gostar que faça uso e bom proveito
Se não gostar
continue deixando tudo esquecido

Gostou? Conheça mais Música&Trabalho Aqui

Comentários



ÚLTIMAS DE

Música e Trabalho

Depoimento de Newton Candido

Histórias de Vida

Newton Candido foi diretor do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de São Caetano e assessor do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo. Realizado em 15/04/1989 por...

VER MATÉRIA

Transcrição da entrevista com Joaquim dos Santos Andrade no Roda Viva

Histórias de Vida

VER MATÉRIA

Sindicato dos Professores de São Paulo promove debate e exposição sobre a Revolução Russa

Cultura

Acontecimento de importância decisiva no mundo contemporâneo, a Revolução Russa construiu e destruiu utopias e mudou as referências políticas e ideológicas da nossa era. Sua...

VER MATÉRIA

Vote pra valer! Não desperdice o seu direito conquistado

Apostilas de Formação

A descrença com a política é compreensível frente à flagrantes de corrupção, de mau uso do patrimônio público e da precária oferta de serviços e...

VER MATÉRIA

Visão geral do acervo

Arquivo

Centro de Memória Sindical – Arranjo do Acervo

VER MATÉRIA

Música e Trabalho

PLAYLIST SPOTIFY MEMÓRIA SINDICAL